Parque Nacional de Ubajara

Parque Nacional de Ubajara

Parque Nacional de Ubajara

Razão social da empresa: Ministério do Turismo

CNPJ da Empresa: 05.457.283/0002-08

Nacionalidade da Empresa: Brasil

Responsável pelo projeto: Coordenação-Geral de Aproveitamento Turístico de Ativos de Domínio Público

Site da Empresa: turismo.gov.br

Data estimada de início: 15/04/2021

Data estimada de conclusão: 31/12/2021

Natureza do Investimento: Brownfield

Modelo de Contrato: Concessão

Valor estimado do investimento: $10,000,000.00

Estimativa de novos empregos: 150

Metragem de área construída total do projeto em m²: 4.000.000

Metragem de área total adquirida em m²: 4.000.000

Grupo operador: Ministério do Turismo

Descrição do projeto:

O Parque foi criado em 30 de abril de 1959, com uma área de 4.000 hectares, através do Decreto Federal nº 45.954/59. No dia 26 de abril de 1973, foi assinado o Decreto nº 72.144, alterando os seus limites para uma área de 563 hectares. No dia 13 de dezembro de 2002, foi assinado o Decreto Sem Número e publicado no Diário Oficial da União, que altera, mais uma vez, os limites do Parque Nacional para uma área de 6.288 hectares, passando, assim, a abranger os municípios de Ubajara, Tianguá e Frecheirinha. A Unidade de Conservação Federal de Proteção Integral, localizada nos municípios de Ubajara, Tianguá e Frecheirinha, está aberta à visitação, onde dispõe de alguns atrativos tais como: trilhas, mirantes, grutas e cachoeiras. Se encontra instalado no interior do Parque, um Teleférico (bondinho), o qual é administrado pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Turismo – SETUR, e que está parado aguardando o processo de modernização. O Teleférico (bondinho) fica suspenso em cabos de aço, onde faz um trajeto de 550 metros, entre a Estação Superior e Inferior. O bondinho é utilizado pelos visitantes que pretendem visitar a Gruta de Ubajara, única aberta à visitação, ou até mesmo, para aqueles visitantes que pretendem, somente fazer o passeio no bondinho, apreciando as belezas naturais que o Parque propicia. O teleférico é utilizado, também, pelos moradores da Distrito de Araticum, município de Ubajara, os quais utilizam como meio de transporte. O Parque, embora esteja inserido no Bioma Caatinga, ele está distribuído em três Ecossistemas: Floresta Ombrófila Aberta, (Mata Atlântica), Floresta Subperenifólia e Caatinga. O Parque Nacional de Ubajara apresenta características ímpares para pesquisas, por conter em espaço tão próximo, dois ecossistemas tão diferenciados – mata úmida e mata seca – vale dizer, um ambiente de considerável ocorrência de chuvas e um ambiente semi-árido, a caatinga. Um terceiro ambiente constitui a passagem entre os dois primeiros, a transição entre as matas, úmida e seca, rico em biodiversidade por conter elementos dos outros dois. Tem como objetivo básico a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

 

Dados sociais, econômicos e ambientais do local do projeto: