Palacete Carvalho Motta, Fortaleza/CE

Palacete Carvalho Motta, Fortaleza/CE

Palacete Carvalho Motta, Fortaleza/CE

Razão social da empresa: Ministério do Turismo

CNPJ da Empresa: 05.457.283/0002-08

Nacionalidade da Empresa: Brasil

Responsável pelo projeto: Coordenação-Geral de Aproveitamento Turístico de Ativos de Domínio Público

Site da Empresa: www.turismo.gov.br

Data estimada de início: 01/06/2021

Data estimada de conclusão: 30/03/2022

Natureza do Investimento: Brownfield

Modelo de Contrato: Concessão

Valor estimado: Até USD 500k

Estimativa de novos empregos: Até 49

Metragem de área construída total do projeto em m²: 1.344,20

Metragem de área total adquirida em m²: 1.344,20

Grupo operador: Programa REVIVE BRASIL

Descrição do projeto:

Antigo Museu das Secas, localizado na zona central de Fortaleza, Ceará, foi construído em 1907 para servir de residência para a família do Coronel Antônio Frederico de Carvalho Motta. A edificação em questão inscreve-se no elenco de obas do chamado Ecletismo Arquitetônico. O palacete reproduz o padrão das chamadas casas de “porão alto”, erguidas ainda no alinhamento das ruas, inspirado em modelos nacionais de procedência sulista, inserido, na primeira fase do clico de transformações da casa senhorial brasileira, observado a partir de meados do Segundo Império. As suas características arquitetônicas aliadas ao seu valor histórico como primeira sede da Inspetoria de Secas motivou o seu tombamento em 1 de maio de 1983, pelo IPHAN. Em 1983, o imóvel foi restaurado com base em projeto elaborado pelo IPHAN, tendo por objetivo a instalação do Museu das Secas, o qual abrigaria o acervo da instituição. Conta uma área construída total de 1.344,20 m²

Integra o Programa Revive, do Ministério do Turismo, destinado à conservação e valorização do patrimônio imobiliário pública, com valor cultural, por meio de parcerias e concessões com o setor privado para o desenvolvimento de empreendimentos turísticos.

 

Dados sociais, econômicos e ambientais do local do projeto: